quinta-feira, novembro 22, 2007

Mais um Outono

Sinto o frio e o vento...
A pele seca, os lábios também.
Sinto a chuva e o ar sombrio...
A voz rouca, trovejando além.

A sombra em mim desapareceu,
O céu cobriu e a água à terra desceu...

Sinto a luz e o som...
A natureza relampejante.
Sinto o medo e a aproximação...
A energia trespassante.

O medo em mim desvaneceu,
E a terra molhada ao céu agradeceu...

5 comentários:

alphatocopherol disse...

Choque de depressao tropical com uma frente fria... dias de frio se seguem, com acentuado arrefecimento nocturno e formação de geada... neblinas ou nevoeiros matinais...


:P

Chas. disse...

Qual é a previsão para daqui a um mês e alguns dias? :D

João disse...

Muito bonito

-Celt- disse...

Um poema na mesma linha de textos que o autor tem escrito, com a natureza como pano de fundo. Simples e eficaz a forma como é descrito o Outono e o efeito que este provoca no autor. Gostei

APC disse...

Cheira a chuva...