sábado, novembro 15, 2008

"Nada"

Cansado

Estou cansado. Sinto-o... mais do que estar, sinto-o. Que me interessa a honestidade do concreto se nunca é suficiente para aliviar o peso desta dúvida sempre presente que sufoca e cansa... e moi e entristece?... E cuja única certeza é que irá regressar...

vezes sem conta.

Logo, estou cansado. E cansado continuarei... nos meus raciocínios oxidados, pelo exterior, pelo interior, pelo passado que tive, pelo presente que não tenho, pelo futuro que temo vir a ter...

e não descanso.

Logo, estou cansado. De tanto ter para pensar... e tão pouco poder fazer.

Estou cansado. Cansado de estar cansado...

de estar para aqui...


Cansado.



Carlos Jantarada, Maio de 2008

4 comentários:

Chas. disse...

Acreditar... e o cansaço há de acabar!

APC disse...

para a próxima não andes praí a sonhar aque és um pássaro a voar à procura da liberdade... Claro que acordas cansado!
Estavas à espera do quê?

hehehe ;)

alphatocopherol disse...

Agora ao contrário WOW!

Simples, bem ligado e muito bem conseguido! Mui bueno!

João disse...

Como já se disse aqui, um texto simples, mas muito bom!

O cansaço da alma é o mais difícil de combater... Ainda assim, tenta retirar vitaminas do dia-a-dia, onde puderes ;)